Polícia CIA CORPORATION™ Oficial
A NOSSA ARMA É SERVIR AO PRÓXIMO!
Julho 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Estatísticas
Temos 708 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Sadwey.

Os nossos membros postaram um total de 4755 mensagens em 188 assuntos
Quem está conectado
32 usuários online :: 18 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 14 Visitantes :: 1 Motor de busca

-Chase., Baudinho47, Beatrisz, Bloodzin, Carfidol, Comendador.CIA, Comendador.zick, ErickMay., gabriel.senna13, GabrielQueiiroz, henrique7636, JoasLima, Joseph, LaysaPlay, Lisboa, Majesty., MatheusQueiroz, Sadwey.

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 82 em Sex Dez 02, 2016 7:55 pm

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[SUP] Estatuto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [SUP] Estatuto em Sex Abr 28, 2017 5:11 pm

Duck

avatar
[CIA] - Corregedor
[CIA] - Corregedor
ESTATUTO DOS SUPERVISORES


CAPÍTULO I - Cursos


  • Subcapítulo I - Cursos Externos - Supervisão de Soldados
  • Subcapítulo II - Cursos Externos - Aula de Segurança
  • Subcapítulo III - Cursos Externos - Aula de Promotor
  • Subcapítulo IV - Cursos Internos - Capacitação I
  • Subcapítulo V - Cursos Internos - Capacitação II

CAPÍTULO II - Funções Internas


  • Subcapítulo I - Cargos - Supervisores
  • Subcapítulo II - Cargos - Capacitadores
  • Subcapítulo III - Cargos - Ministério
  • Subcapítulo IV - Cargos - Vice-Líder
  • Subcapítulo V - Cargos - Líder


CAPÍTULO III - Generalidades


  • Subcapítulo I - Licenças no Grupo - Supervisores
  • Subcapítulo II - Grupos Oficiais dos Supervisores
  • Subcapítulo III - Quartos Oficiais dos Supervisores
  • Subcapítulo IV - Reuniões - Gerais
  • Subcapítulo V - Reuniões - Ministeriais
  • Subcapítulo VI - Eventos - Supervisores



CAPÍTULO IV - Punições & Emendas


  • Subcapítulo I - Regras
  • Subcapítulo II - Documentação







CAPÍTULO I - Cursos
Subcapítulo I - Cursos Externos - Supervisão de Soldados

Artigo 1°: A Supervisão de Soldados, é aplicada para averiguar se o policial teve o rendimento e o conhecimento necessário na Instrução Inicial.

Artigo 2°: Os Supervisores devem encaminhar o soldado para a S.A (Sala de Apresentação, local com os tapetes amarelos e vermelhos) do batalhão e realizar a supervisão por sussurro. Caso a S.A do batalhão estiver sem vagas, deve ser usado a S.A disponibilizada no Corredor Principal da CIA.

Artigo 3°: O Supervisor deve seguir exatamente todos os passos e na mesma ordem escritos no Script de Aula para Supervisão de Soldados, sem adaptações a menos que realmente seja necessário.

Artigo 4°: As supervisões para soldados devem ser aplicadas de forma individual. Nunca dê uma supervisão para mais de um soldado ao mesmo tempo, prezando o sigilo das perguntas.


Subcapítulo II - Cursos Externos - Aula de Segurança

Artigo 5°: A aula de segurança tem como objetivo ensinar o policial métodos de segurança em geral referente a cada função na CIA, e como proceder em determinados casos de emergência, garantindo a segurança da CIA e dos nossos policiais.

Artigo 6°: Os supervisores devem encaminhar o policial que irá ter a Aula de Segurança para uma das salas de aplicações localizadas no corredor dos Supervisores.

Artigo 7°: O Supervisor deve seguir exatamente todos os passos e na mesma ordem escritos no Script da Aula de Segurança, sem adaptações a menos que realmente seja necessário.

Artigo 8°: Caso o policial cometa um erro dentro da aula ou saia durante a mesma, deverá ser providenciado a sua reprovação.

Artigo 9°: É permitido a aplicação coletiva (pra mais de uma pessoa ao mesmo tempo) da Aula de Segurança, diferentemente da Supervisão para Soldados, já que é realizada em uma Sala de Aplicação.


Subcapítulo III - Cursos Externos - Aula de Promotor

Artigo 10°: A Aula de Promotor é aplicada com o intuito de ensinar ao policial como realizar promoções de modo correto, seguindo todas as normas para que a mesma não seja cancelada.

Artigo 11°: Os supervisores devem encaminhar o policial que irá ter a Aula de promotor para uma das salas de aplicações localizadas no corredor dos Supervisores.

Artigo 12°: O Supervisor deve seguir exatamente todos os passos e na mesma ordem escritos no Script da Aula para Promotor, sem adaptações a menos que realmente seja necessário.

Artigo 13°: Caso o policial cometa um erro dentro da aula ou saia durante a mesma, deverá ser providenciado a sua reprovação.


Subcapítulo IV - Cursos Internos - Capacitação I

Artigo 14°: Dada aos supervisores assim que se tornam membros da companhia. Com o intuito de ensinar o supervisor a aplicar as supervisões e aulas e a posta-las no fórum.


Subcapítulo V - Cursos Internos - Capacitação II

Artigo 15°: Dada aos fiscalizadores assim que são promovidos. Com o intuito de ensinar o supervisor a efetuar as supervisões do CRH e emblemas e como posta-las no fórum.




CAPÍTULO II - Funções Internas


Subcapítulo I - Cargos - Supervisores

Artigo 1°: Os Supervisores devem realizar as aplicações contidas nos subcapítulos de I à III da "Seção I - Cursos" presentes neste documento. Sendo elas:

a) Supervisão de Soldados;
b) Aula de Segurança;
c) Aula para Promotor;


Artigo 2°: Os Supervisores tem meta semanal, tendo por objetivo completar um valor de 4 aulas em aplicações, sendo requisitado no mínimo uma Supervisão de Soldados e uma Aula de Segurança.

Artigo 3°: Os Supervisores que cumprirem com suas obrigações, receberão semanalmente 15 medalhas positivas como gratificação pelos serviços prestados.

Artigo 4°: Os Supervisores que não cumprirem com suas obrigações, receberão semanalmente 15 medalhas negativas permanentes como punição pelo baixo rendimento apresentado.


Artigo 5°: Existem vagas ilimitadas, por enquanto, para o cargo de Supervisor, e para tal, qualquer policial na ativa da Polícia CIA pode entrar na Companhia dos Supervisores com este cargo inicial. Sendo os requisitos mínimos definidos em:

a) Aprovação no teste de seleção;
b) Se membro do Corpo Militar, ter a patente igual ou superior a Cabo com o Treino Preparatório de Cabos (TPC) e a Aula de Segurança (SEG) completos e portando o emblema de confirmação no perfil.
c) Se membro do Corpo Executivo, ter o cargo igual ou superior a Inspetor com os cursos completos de EFE e portando o emblema de confirmação no perfil.
d) Ter conta ativa no fórum oficial: "policiaciia.tk".
e) Ter tempo para aplicar supervisões e aulas;



Subcapítulo II - Cargos - Capacitadores

Artigo 6°: Os Capacitadores são responsáveis pela aplicação de Capacitação I aos Supervisores, e Capacitação II aos Fiscalizadores, capacitando-os para exercerem suas funções.

Artigo 7°: 
Os Capacitadores tem meta específica semanal de 1 capacitação por semana e 3 aulas, sendo no mínimo 1 Supervisão e 1 Aula de Segurança.

Artigo 8°: Os Capacitadores que cumprirem com suas obrigações, receberão mensalmente 30 medalhas positivas como gratificação pelos serviços prestados.


Artigo 9°: Os Capacitadores que não cumprirem com suas obrigações, receberão mensalmente 30 medalhas negativas permanentes como punição pelo baixo rendimento apresentado.

Artigo 10°: Artigo 15° - Existem 3 vagas para o cargo de Capacitador, e para tal, qualquer policial na ativa da Polícia CIA pode ser promovido internamente na companhia para este posto. Sendo os requisitos para promoção definidos em:

a) Ter no mínimo 7 (sete) dias como Supervisor;
b) Ter realizado a Graduação Intermediária (CAP I), portando aprovação com êxito e emblema de confirmação.
c) Ter boa conduta na companhia, cumprindo com todas as suas funções e obrigações.
d) Ser destaque e exemplo, sabendo como ensinar aos novos;
e) Ter conhecimento avançado sobre a companhia dos Supervisores de Promoções;
f) Ter alto conhecimento na identificação de fakes.



Subcapítulo III - Cargos - Ministério

Artigo 11°: O ministério é responsável pela administração da companhia, sendo subordinado à Liderança.

Artigo 12°: O ministério é composto por 05 ministros, sendo eles:

a) Ministro Geral
- Atualização do tópico "[SUP] Relatório - Listagem de Membros";
- Atualização do tópico "[SUP] Scripts - Correções";
- Atualização dos Scripts dos Supervisores.
- Fazer a porcentagem semanal dos Ministros e entrega de medalhas dos mesmos;

b) Ministro Atualizador
- Atualização regular dos emblemas [SUP] Conf. de SUP., [SUP] Conf. de SEG., [SUP] Conf. de PRO.;
- Fiscalização dos Membros dos Supervisores;
- Fiscalização dos Grupos dos Supervisores;
- Porcentagem dos Capacitadores e entrega de medalhas dos mesmos.

c) Ministro Aplicador
- Aplicação de testes para a Companhia dos Supervisores;
- Aplicação de Graduação para Capacitadores;
- Porcentagem Semanal dos Supervisores e realizar a entrega de medalhas dos mesmos.


Artigo 13°: Os Ministros que cumprirem com suas obrigações, receberão mensalmente 60 medalhas positivas como gratificação pelos serviços prestados.

Artigo 14°: Artigo 23° - Os Ministros que não cumprirem com suas obrigações, receberão mensalmente 60 medalhas negativas permanentes como punição pelo baixo rendimento apresentado.

Artigo 15°: O Ministério possui no total 05 vagas, sendo:

a) Ministro Geral: 01 vaga.
b) Ministro Atualizador: 02 vagas.
c) Ministro Aplicador: 02 vagas.


Artigo 16°: 
Qualquer policial da ativa na Polícia CIA pode ser um membro do Ministério, desde que preencha os requisitos necessários para tal responsabilidade, sendo estes definidos em:
a) Ter no mínimo 7 (sete) dias como Capacitador;
b) Ter alto conhecimento sobre a companhia dos Supervisores de Promoções e seu funcionamento sabendo como lidar e resolver problemas;
c) Ser um modelo de membro;
d) Ter presença em base, ser prestativo e companheiro.



Subcapítulo IV - Cargos - Vice-Líder

Artigo 17°: O Vice-Líder tem por função a coordenação do Setor Administrativo da companhia, bem como tarefas internas pré-estabelecidas sendo estas definidas em:
a) Manter cópias dos documentos dos SUP, atualizadas;
b) Preparação do Cofre de medalhas;
c) Preparar e cuidar do Ministério.


Artigo 18°: Para o cargo de Vice-Líder, existe 1 vaga. Qualquer policial da ativa na Polícia CIA pode ser nomeado Vice-Líder, desde que preencha os seguintes requisitos:
a) Membro efetivo dos Supervisores a mais de 15 dias;
b) Ter total conhecimento sobre a Companhia dos Supervisores;
c) Ser mais do que exemplo e modelo para os demais membros;
d) Ter boa presença em base;
e) Saber lidar e resolver problemas com eficácia e eficiência.


Artigo 19°: O Vice-Líder que cumprir com suas obrigações, receberá mensalmente 80 medalhas positivas como gratificação pelos serviços prestados.

Artigo 20°: O Vice-Líder que não cumprir com suas obrigações, receberá mensalmente 80 medalhas negativas permanentes como punição pelo baixo rendimento apresentado.


Subcapítulo V - Cargos - Líder

Artigo 21°: O Líder tem por função a administração geral da companhia, desde sua estrutura e grupos sendo portanto o cargo mais alto internamente.

Artigo 22°: Para o cargo de Líder, existe 1 vaga, sendo esta preenchida após a eleição da Supremacia, quando ocorre a saída oficial do Líder anterior. Em caso de ausência, um Líder Temporário poderá ser nomeado e ocupará tal posto sem maiores restrições. Qualquer policial da ativa na Polícia CIA pode ocupar tal posto, desde que:
a) Tenha conhecimento sobre toda a Companhia dos Supervisores;
b) Tenha poder de administração e liderança;
c) Seja mais que um exemplo como policial e membro;
d) Seja presente em base, atencioso e prestativo.


Artigo 23°: O Líder que cumprir com suas obrigações, receberá mensalmente 100 medalhas positivas como gratificação pelos serviços prestados.

Artigo 23°: O Líder que não cumprir com suas obrigações, receberá mensalmente 100 medalhas negativas permanentes como punição pelo baixo rendimento apresentado.



CAPÍTULO III - Generalidades


Artigo 1°: A companhia dos Supervisores é composta por 15 membros de função ativa.

Artigo 2°: A companhia dos Supervisores tem um total de 20 membros, entre funções ativas e não ativas.

Artigo 3°: A função dos Supervisores é proteger a parte ideológica da CIA contra fakes, formar policiais competentes e aptos a cumprirem com suas obrigações.

Artigo 4°: É obrigatório o uso do brevê (estrela) de identificação da companhia no batalhão, variando a tonalidade de acordo com a patente no grupo. Comandantes/VIP+ dispõe do direito de não utilizar caso desejem, o referido acessório. Qualquer membro pode usar a tonalidade mais clara (Supervisores) mesmo que sejam superiores à tais na hierarquia da companhia. Membros em licença tem permissão para não utilizar o brevê (estrela) identificador.

Artigo 5°: Todos os membros devem exercer as funções pré-determinadas pelo Estatuto dos Supervisores, de acordo com a sua patente na Companhia, sendo vetada a realização de uma função que não seja de seu caráter. Salvo casos designados pela Liderança.

Artigo 6°: Todos os Supervisores devem respeitar uns aos outros, baseando-se pela hierarquia da Polícia CIA, entretanto sem desprezar a autoridade no grupo.

Artigo 7°: Qualquer membro que sair com autorização prévia tendo menos de 7 dias ou mais de 30 dias na companhia não receberá punições, podendo retornar para à companhia quando desejar.

Artigo 8°: Qualquer membro que tenha se desligado honrosamente da ativa na Polícia CIA com mais de 30 dias na companhia e retorne ao serviço em qualquer um dos corpos (Executivo ou Militar) pode solicitar sua reintegração no cargo de Supervisor sem realização da seletiva caso sejam cumpridas as diretrizes que seguem, sendo elas:
a) Existência de no mínimo 3 (três) vagas disponíveis. Na falta de vagas, o reintegrante poderá optar por esperar a abertura de vaga ou realizar o teste de seleção para novos membros;
b) O reintegrante retornará portando "data de entrada" referente ao dia de sua reintegração, e não à entrada anterior na companhia.



Subcapítulo I - Licenças no Grupo - Supervisores

Artigo 9°: Qualquer membro do grupo que precise se ausentar por 7 dias ou mais, deverá pedir permissão ao ministério e postar sua licença.

Artigo 10°: O supervisor deverá postar sua própria licença. Em casos especiais, o supervisor poderá pedir para que o Ministro+ que autorizou sua licença poste.

Artigo 11°:
Todo Supervisor+ que se ausente por 7 dias ou mais sem avisar, é automaticamente retirado do grupo dos Supervisores.

Artigo 12°:
O número mínimo de dias de licença que se deve postar é de 7 dias, o máximo 30 dias.

Artigo 13°: Caso o Líder se ausente por um período superior à 20 dias, o Vice-Líder deverá ser nomeado Líder Temporário, com autonomia sobre a companhia, exceto para sanções de projetos de larga escala e mudanças gerais.


Subcapítulo II - Grupos Oficiais dos Supervisores

Artigo 14°: [CIA] Supervisores ®: Emblema de identificação dos policiais que fazem parte da Companhia dos Supervisores.

Artigo 15°: [CIA] Acesso Rápido: Esse emblema é direcionado ao acesso rápido no corredor dos Supervisores.

Artigo 16°: [SUP] Capacitadores - Esse emblema é direcionado aos capacitadores, para identificação de sua função. Este é direcionado ao quarto de aplicação de Capacitação.

Artigo 17°: [SUP] Ministério - Esse emblema é direcionado aos membros do ministério, para identificação de sua função. Este é direcionado ao quarto de reunião do Ministério.

Artigo 18°: [SUP] Sala de Reunião - Esse emblema é direcionado ao quarto de reuniões gerais.

Artigo 19°: [SUP] Sala de Seleção – Esse emblema é direcionado ao quarto de seleção para novos membros.

Artigo 20°: [SUP] Eventos e Treinamentos – Esse emblema é direcionado ao quarto oficial de eventos e treinamentos.

Artigo 21°: [SUP] Conf.- Capacitação I ® - Esse emblema é direcionado a todos os Supervisores que passaram na Capacitação I.

Artigo 22°: [SUP] Conf.- Capacitação II ® - Esse emblema é direcionado a todos os Supervisores selecionados pela liderança que passaram na Capacitação II.

Artigo 23°: [SUP] Conf. de SUP. ® - Esse emblema é direcionado a todos os policiais que foram aprovados na Supervisão de Soldados.

Artigo 24°: [SUP] Conf. de SEG. ® - Esse emblema é direcionado a todos os policiais que foram aprovados na Aula de Segurança.

Artigo 25°: [SUP] Conf. de PRO. ® - Esse emblema é direcionado a todos os policiais que foram aprovados na Aula de Promotor.


Subcapítulo III - Quartos Oficiais dos Supervisores

Artigo 26°: No grupo dos Supervisores, a estrutura é formada por 12 quartos diferentes, sendo eles:

a) [SUP] Corredor;
b) [SUP] Acesso Rápido;
b) [SUP] Sala de Aplicação 1;
c) [SUP] Sala de Aplicação 2;
d) [SUP] Sala de Aplicação 3;
e) [SUP] Sala de Aplicação 4;
f) [SUP] Sala de Aplicação 5;
g) [SUP] Sala de Capacitação;
h) [SUP] Sala de Testes;
i) [SUP] Sala de Reuniões;
j) [SUP] Reunião do Ministério;
k) [SUP] Sala de Eventos e Treinamentos;


Artigo 27°: Os membros com direitos nos quartos devem zelar pela estrutura, é proibido mover mobs sem permissão da liderança. Fica autorizado aos membros com direitos em quartos apenas a abertura e fechamento de portas/passagens. Com exceção aos promotores de eventos que poderão modificar o quarto "[SUP] Eventos e Treinamentos" conforme necessário durante a preparação e aplicação de eventos.



Subcapítulo IV - Reuniões - Gerais

Artigo 28°: As reuniões da companhia são realizadas duas vezes por mês, na segunda e na quarta semana do mesmo.

Artigo 29°: Em todas as reuniões gerais é obrigatório que seja mantido o respeito e a boa conduta.


Subcapítulo V - Reuniões - Ministeriais

Artigo 30°: As reuniões ministeriais são realizadas duas vezes por mês, na primeira e terceira semana do mesmo.

Artigo 31°: Em todas as reuniões ministeriais é obrigatório que seja mantido o respeito e a boa conduta.


Subcapítulo VI - Eventos - Supervisores

Artigo 32°: Os eventos da Companhia de Supervisores ocorrerão de 15 em 15 dias.

Artigo 32°: Por mês serão 160 medalhas destinadas aos eventos da Companhia de Supervisores.



CAPÍTULO IV - Punições & Emendas


Subcapítulo I - Regras

Artigo 1°: Qualquer membro que sair sem autorização prévia tendo entre 8 e 30 dias na companhia receberá 200 medalhas negativas.

Artigo 2°: Qualquer membro que sair sem autorização prévia tendo mais de 30 dias na companhia receberá 100 medalhas negativas.

Artigo 3°: Qualquer membro que sair com autorização prévia tendo 8 e 30 dias na companhia receberá 100 medalhas negativas.

Artigo 4°: O supervisor que for expulso do grupo por inatividade ou baixo rendimento, receberá 200 medalhas negativas.

Artigo 5°: O supervisor que fraudar/mentir o número de aplicações bem como a porcentagem alcançada estará sujeito à uma expulsão imediata da companhia e não poderá regressar por um período de 3 meses.

Artigo 6°: O supervisor que aceitar qualquer tipo de suborno estará sujeito à uma exoneração da companhia, não podendo regressar sem autorização da Liderança.

Artigo 7°: O Supervisor que vazar informações confidenciais ou qualquer tipo de documento interno ao qual tenha acesso estará sujeito à uma expulsão da companhia e acrescido da punição em 200 medalhas negativas.

Artigo 8°: O supervisor tem 24 horas para postar o retorno de sua licença, caso estoure este tempo, será penalizado em rebaixamento de 1 patente na polícia CIA, por "Abono do Dever/Negligência" e caso ultrapasse o período de 72 horas (três dias) será expulso da companhia, levando 100 medalhas negativas.


Subcapítulo II - Documentação

Artigo 9°: Todos os documentos internos são propriedade da Supremacia da Polícia CIA e da Liderança dos Supervisores de Promoções. Desta forma, apenas à esses dois grupos serão concedidos os direitos autorais dos documentos vigentes. Créditos adicionais serão colocados apenas para os redadores da primeira e última versão respectivamente.

Artigo 10°: Atualizações de documentos só podem ser realizadas por pessoas autorizadas pela liderança, onde esta também deverá aprovar as modificações feitas antes de entrarem em vigor. Cada atualizador de documento receberá uma quantia em medalhas, a ser definida pela liderança. Fica expresso que essa gratificação não poderá exceder 20 medalhas.

Artigo 11°: Modificações visuais como troca de fonte, troca de cores de títulos, formatação de legendas, etc. não serão classificadas como atualização efetiva, não podendo dessa forma ser recompensada em medalhas e nem dará essa direito a inclusão do nickname no rodapé do documento formatado.

Artigo 12°: Correções ortográficas que tenham por objetivo consertar o texto escrito para o português padrão não será considerada modificação efetiva, pois esta não implica mudanças consideráveis no texto. Trocas de palavras que tenham sentido parecido, simplificações do texto escrito, separação "em linhas" bem como demais alterações que não apliquem mudança parcial/total no sentido do documento escrito não será considerada como mudança efetiva.


Estatuto criado pela Liderança dos Supervisores.



Atenciosamente, Comandante Duck ®!

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum